Notícia

Saiba quais alimentos ajudam no combate as cólicas.

Muitas mulheres sofrem com as temidas cólicas menstruais. Mas a questão é: Você sabia que a alimentação influencia nos sintomas da tensão pré-menstrual? Portanto, é importante que você cuide muito bem dela para que a cólica não seja agravada, mas sim, amenizada pelos alimentos ideais.

Alimentação adequada:

 

Invista em alimentos ricos em:
– Ômega 3 (salmão, atum, sardinha, chia, linhaça, óleo de peixe): Ação anti-inflamatória, redução das cólicas e da retenção hídrica, e melhora do humor;
– Vitamina E (gérmen de trigo, castanha do Pará, nozes, amêndoas, milho, óleo semente de girassol): Ameniza as dores na mama;
– Alimentos fontes de triptofano (carnes magras, peixes, leite e derivados, nozes e leguminosas como feijão e lentilha): Alguns pesquisadores têm demonstrado que baixos valores de serotonina total e a depleção de triptofano aumentam os sintomas da TPM;
– Vitamina B6/ piridoxina (nozes, banana, gérmen de trigo, feijão, lentilha, cenoura, leite): Pode  melhorar o padrão de sono e humor;
– Cromo (levedo de cerveja e alimentos integrais): ameniza a compulsão por doces;
– Chocolate amargo (mais de 50% cacau) e prática de atividade física: Maior liberação das endorfinas, relaxamento e maior controle da compulsão alimentar;
– Cálcio (leite e derivados e folhosos verde escuros): Melhora o humor, reduz as cólicas e a retenção de líquidos.
Dicas importantes:

 

– Eliminar açúcar, sal e alimentos ricos em sódio (caldos de carne/frango/legumes, sopas instantâneas, embutidos, defumados, enlatados), cafeína, álcool e alimentos gordurosos;
–  Não pular refeições, realizar de quatro a seis refeições por dia, aumentar a ingestão de saladas e dar preferência a produtos integrais para promover maior saciedade;
– Aumentar a ingestão de líquidos (mínimo de dois litros por dia);
– Ingerir duas castanhas do Pará;
– Utilizar leite ou iogurte uma vez ao dia, aumentar a ingestão de derivados de leite e folhosos verde escuros;
– Na grande refeição (almoço/jantar): metade do prato deve ser de verduras e legumes, um quarto de proteína magra e um quarto de carboidratos (arroz com feijão );
– Acrescentar uma colher de sopa de chia ou farinha de linhaça dourada;
– Pode ser utilizado 25g de chocolate amargo como sobremesa;
– Praticar atividade física, mesmo que precise ser em menor intensidade.

O que é bom evitar:

Cafeína

A cafeína pode ser encontrada no café, no chá preto e em refrigerantes. Esta substância tem propriedades estimulantes que podem aumentar a irritabilidade durante a tensão pré-menstrual. Portanto, é recomendado evitar a ingestão destas bebidas neste período.

Embutidos e enlatados

Estes alimentos possuem muito sódio na composição. O consumo de sódio não é recomendado, pois esta substância retém muito líquido no corpo e proporciona incômodos inchaços.

Gordura saturada

Muito encontrada em alimentos como a carne vermelha, manteiga ou margarina, bolos e doces em geral, a gordura saturada aumenta a produção de hormônios que causam contração no útero.

*Lembrando que os sintomas variam de uma pessoa para outra e que nem toda mulher sente todos eles. Caso sua TPM seja muito forte, procure o ginecologista para uma melhor orientação.