Notícia

Março. Mês perfeito para falar ainda mais da saúde feminina.

Você sabe que a gente ama falar de saúde da mulher. E neste mês onde comemoramos e celebramos toda a luta pelos direitos da mulher, fica ainda mais gratificante falar pra todas elas. Nesta postagem, iremos abordar assuntos muito comuns do universo feminino, como miomas, reposição hormonal e métodos contraceptivos. Acompanhe porque toda semana iremos postar novos temas para você ficar ainda mais atenta à sua saúde.

Mioma:

Mioma é uma doença que afeta cerca de 50% das mulheres, em sua maioria de pele negra. O estrogênio é o principal causador dessa doença. Por isso, a maior incidência de miomas ocorre no período máximo da reprodutividade feminina, até a chegada da menopausa.A maioria das mulheres não apresentam os sintomas da doença, mas dependendo do tamanho, da quantidade e da localização do mioma é possível apresentar os seguintes sintomas:

Sangramento uterino anormal;

Pressão na bexiga;

Dor no abdômen;

Dor lombar;

Dificuldade para engravidar;

Dor pélvica com hemorragia.

Reposição Hormonal e Ganho de Peso:

É mito pensar que a reposição hormonal esteja relacionada ao ganho de peso. Dependendo do tipo de terapia hormonal, pode haver ganho de peso por conta do inchaço. No entanto, não ocorre o ganho calórico. Há dois fatores que influenciam os quilinhos a mais nessa fase: a queda do estrogênio (parcialmente compensada pela reposição hormonal) e, sobretudo, o envelhecimento, que reduz o ritmo do metabolismo. Converse com o seu ginecologista e saiba mais sobre o assunto.