Notícia

Mulheres precisam ficar atentas com o aumento das doenças ginecológicas no verão.

As mulheres se preparam o ano todo para o verão. É muita expectativa para a chegada da estação mais quente no ano. Agora, é preciso ter cuidado porque as temperaturas mais quentes e as atividades que costumamos fazer nessa época propiciam o surgimento de doenças ginecológicas que podem prejudicar a toda a sua diversão.

Os maiores problemas são ocasionados pela mudança do ambiente ginecológico causada pelos hábitos adotados durante as atividades típicas da estação. Uma delas é o uso de calcinhas de tecido sintético, juntamente com trajes apertados, o que pode ser mais ainda mais prejudicial em dias quentes. Essas peças abafam muito a área genital, aumentando a temperatura e a umidade. Outro problema é que as mulheres costumam ficar muito tempo com trajes de banho molhados, contribuindo para alterações nas condições físicas da região e proliferação de micro-organismos prejudiciais à saúde.

Tudo isso gera um desequilíbrio na flora vaginal, aumentando a chance do desenvolvimento de doenças como a candidíase.

Boas alternativas para evitar a candidíase é escolher tecidos mais leves, levar na bolsa sempre um traje de banho extra e consultar o seu ginecologista caso observe alguma alteração.